Técnicos aprovados no concurso de 2018 procuraram o gabinete de Delmasso para viabilizar nomeações



O vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Delmasso (Republicanos) enviou o ofício 340/2021 a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha, pedindo pela nomeação dos aprovados no concurso de 2018 para o cargo de Técnico na especialidade de Agente Social da pasta. A comissão de aprovados procurou o gabinete de Delmasso pedindo ajuda com as nomeações.

Delmasso considera que as contrações dos agentes aprovados é de fundamental importância para a sociedade do DF em tempos de pandemia, "é exatamente nesse momento que a Secretaria precisa ser fortalecida com a nomeação de novos servidores efetivos, visto que no período pandemia e pós pandemia a assistência social deve estar preparada para atender esse público que sofreu e que vai buscar auxílio do Estado", afirmou.

O deputado também pontuou que cerca de 60 mil pessoas aguardavam, até março do presente ano, o agendamento da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES), devido à falta de servidores para atender a população, o que reforça ainda mais a necessidade de nomeação.

Para viabilizar a nomeação, é necessário que houvesse vacâncias na secretaria. Isto porque não é permitido o aumento de despesas com pessoal durante o período de pandemia do novo coronavírus.

Nesse sentido, foi realizado um levantamento pelo gabinete e verificou-se, junto ao sindicato responsável, que houve 350 vacâncias do cargo de Técnico de Assistência Social. Além disso, o gabinete também verificou-se que há disponibilidade orçamentária em 2022 para a nomeação dos servidores.