Presente na família Tinoco há quatro gerações, a Fazenda Campo Alegre, localizada na cidade mineira de Patrocínio, teve um salto em seus índices de reprodução e sanidade após oito meses de utilização da solução de monitoramento SenseHub® da Allflex, marca da MSD Saúde Animal Intelligence. Com 300 vacas em lactação, a opção inicial foi monitorar metade do rebanho com colares, principalmente no período de transição.

Luciano Nunes Guimarães Tinoco é médico-veterinário e hoje é o responsável pelo negócio, que começou com um projeto de leite em 1989. Na época, a produção gerenciada pelo avô era em torno de 50 litros de leite por dia e, desde então esse número vem subindo. "No ano passado chegamos a 10 mil litros/dia, mas a intenção, no futuro, é ultrapassar os 20 mil litros/dia", almeja.

Como o estresse térmico é um dos fatores que impactam na produção de leite, há uma preocupação constante em relação a esse aspecto na propriedade. "Trabalhamos fortemente em cima da aspersão e da ventilação para os animais, o que ajudou a melhorar os nossos índices de produção e também de reprodução. Antes dos colares, as avaliações de temperatura eram feitas com termômetro intravaginal e hoje o monitoramento consegue nos dar essa informação diariamente", comenta Tinoco.

Saúde e reprodução

Ele conta que os índices reprodutivos da fazenda sempre foram "travados" e que, por mais que investissem em melhorias, não evoluíam. "Quando buscamos informação para reverter esse quadro, surgiu o colar de monitoramento da Allflex. Esse foi o nosso principal foco com a aquisição da tecnologia: a reprodução e saúde", detalha.

Foi a partir desse trabalho que conseguiram melhorar a taxa de serviço de 50% para cerca de 70%. Tinoco explica que após cinco dias a partir da colocação dos colares de monitoramento, já foi possível identificar os primeiros cios e com 30 dias já se notava que a reprodução tinha melhorado. "Além disso, gostei muito do fato da tecnologia de monitoramento dar a hora certa de inseminar o animal. Assim a equipe já chega para trabalhar sabendo qual vaca tem que ser inseminada e quando deve que ser feita a inseminação", comemora Tinoco.

No ano passado, a taxa de serviço da fazenda fechou em 55%, a taxa de concepção entre 25 e 28% e a taxa de prenhez de 14%. Com a utilização dos colares, de janeiro deste ano até agora, os índices já chegaram a 73% de taxa de serviço, a concepção saltou para 38% e a taxa de prenhez praticamente dobrou para 26%, com períodos de até 30% de prenhez.

A estratégia utilizada no rebanho é fazer o monitoramento a partir de 30 dias antes do parto, pensando na fase que é uma das mais críticas do animal, e até 30 dias após. "Com os colares estamos pegando muita cetose subclínica, e até mastite em animal recém-parido. É possível enxergar de maneira mais rápida qual animal está doente e, da mesma forma, medicá-lo com mais agilidade, o que resulta também numa recuperação mais acelerada", detalha. 

Para o médico-veterinário que atende a fazenda, Gabriel Caixeta, o colar de monitoramento trouxe uma ferramenta de diagnóstico ativo, que a todo momento traz dados e identifica principalmente as doenças do período de transição da fazenda. "Costumo falar que não adianta querer trabalhar com sanidade e esperar que a vaca nos conte quando ela adoece. O interessante é identificar o quanto antes a vaca doente e que precisa de intervenção, e o colar faz isso de forma contínua".

"Acompanho o monitoramento pelo computador e tenho o aplicativo no telefone. Além de mim, um funcionário que é responsável pela sanidade também tem acesso ao aplicativo. A grande vantagem é que se trata de um aplicativo muito simples. Você não precisa preencher nada porque ele tem integração com o sistema de gestão e toda a informação lançada vai automaticamente para o colar. Então só precisamos ver o brinco de identificação e a hora de inseminar", finaliza Tinoco.

Para assistir o vídeo completo da Fazenda Monte Alegre, acesse o Instagram da Allflex https://tinyurl.com/fazcampoalegre

 Sobre a Allflex Livestock Intelligence

A Allflex Livestock Intelligence é a líder mundial em design, desenvolvimento, fabricação e entrega de soluções para identificação, monitoramento e rastreabilidade de animais. Suas soluções focadas em dados são usadas por pecuaristas, empresas e países para gerenciar centenas de milhões de animais em todo o mundo. Ao colocar informações inteligentes para gerenciamento nas mãos dos produtores, as soluções Allflex os capacitam a agir em tempo hábil de forma a salvaguardar a saúde e o bem-estar de seus animais, ao mesmo tempo em que obtém ótimos resultados na produção para o fornecimento de alimentos saudáveis. A Allflex Livestock Intelligence faz parte do portfólio de produtos digitais para rebanhos da MSD Animal Health Intelligence.

Por meio de seu compromisso com a Ciência Para Animais Mais Saudáveis®, a MSD Animal Health Intelligence oferece a veterinários, agricultores, criadores, donos de pet e governos uma das mais amplas gamas de produtos farmacêuticos, vacinas e soluções e serviços de gerenciamento de saúde, além de um amplo conjunto de produtos e soluções em identificação conectada digitalmente, rastreabilidade e monitoramento. A MSD Animal Health Intelligence dedica-se a preservar e melhorar a saúde, o bem-estar e o desempenho dos animais e das pessoas que cuidam deles.

Mais informações no site: www.allflex.global/br